livro
 
poesias
     + poesias
 
contos
     + contos
 
frases
 
diversos
     + diversos
 

GUERRILHA SEM DONO

As primeiras guerras eram a paus e pedras. Depois formavam-se duas fileiras de soldados, frente a frente, e, atiravam uns nos outros. (era uma guerrinha burra, mas, era assim).
Quando um lado ficou muito mais forte que o outro, a evolução inaugurou a guerrilha. Hoje ainda existe a guerrilha convencional como no Afeganistão e Iraque.
São inúmeros os países que sofreram ou sofrem intervenção americana. Você conhece algum país que nunca foi ameaçado pelos Estados Unidos, ou que não tenha tropas do mesmo em seu território?
Esses países optaram então por uma nova evolução de guerra, a guerrilha sem dono (GSD). O que por conveniência, os poderosos chamam de terrorismo. GSD vai existir (ou evoluir) enquanto existirem invasores. Quem pratica GSD na terra invadida, não pode ser considerado criminoso. Está apenas tentando expulsar um invasor, o que é um direito inalienável. Imagine o seguinte: sua casa invadida, toda família refém, um de seus filhos revolta-se e é executado. Por acaso, ao seu alcance está uma arma e o invasor distraído. O que você faria? Você faria o mesmo que os iraquianos estão fazendo.
E, não se esqueça: o terrorismo teve inicio em Hiroshima e Nagasaki.

Jales, fevereiro de 2005

 

página inicial | biografia | obras | escritos | contato
© Todos os direitos reservados | depas@depas.com.br