livro
 
poesias
     + poesias
 
contos
     + contos
 
frases
 
diversos
     + diversos
 

O SONHO ACABOU

No princípio havia apenas o futuro.
Um futuro incerto, promissor, inseguro, venturoso, cheio de promessas.
Um futuro que não era nada.
Futuro e somente futuro.
Talvez um pouquinho de presente,
Um presente muito rápido resumia-se, em apenas o momento presente.
Depois, de maneira não se sabe como,
O presente cresce, tomando espaço do futuro,
Um espaço bem pequeno.
Até aqui, o passado era um sonho.
O passado começa a existir,
O presente cresce, é atuante, cheio de expectativa.
O futuro fica mais bonito, é quase palpável.
Mas a futuro vai ficando limitado, cede espaço.
Passado e presente ganham espaços.
O passado cresce num ritmo acelerado, ficando repleto de saudades e tristezas, mas também de grandezas.
E, ele corresponde ao que tentamos e não tentamos, não deixando espaço para arrependimentos.
Não adianta.
O presente chega ao máximo desempenho, não mais se desenvolve.
Perde espaço para o passado, que não podendo destruir o presente, toma espaço do futuro.
O futuro era o sonho do que estava para se viver, para se fazer.
O passado engole tudo, não há mais espaço para o futuro, e se mistura já, com o presente.
Vamos viver o presente, confundido com o passado.
O sonho acabou.

 

página inicial | biografia | obras | escritos | contato
© Todos os direitos reservados | depas@depas.com.br