livro
 
poesias
     + poesias
 
contos
     + contos
 
frases
 
diversos
     + diversos
 

OBA, OBA

O mundo é inconsciente e inconsequente.

Oba, oba,
Hoje é carnaval,
Que zoeira, zoa
Que eu vejo
Nas coxas da boa.
	Tou bêbado, sei lá.
	Só sei que como estou
	Sei que não sei
	O que é bom ou não.
Sei lá, como vou saber?
	Hoje não tem amanhã
	Ou amanhã não tem hoje.
Só sei que hoje
O mundo
Me parece consciente.

1991
Esta poesia faz parte do livro DP de 58 a 92
 

página inicial | biografia | obras | escritos | contato
© Todos os direitos reservados | depas@depas.com.br